quarta-feira, 30 de março de 2016

Na Alemanha cada Monumento Lembra um Aspecto da História




Cidade de Kiel

Quando caminhamos pelas ruas das cidades da Alemanha percebemos a presença de inúmeros monumentos, que foram construídos como forma de preservar a memória e a rica história alemãs.
Cada monumento lembra um aspecto dessa história.
São homenagens a personagens que contribuíram para a criação e o desenvolvimento do país, ou lembranças a episódios trágicos protagonizados pelos alemães, como, por exemplo, os memoriais sobre o holocausto.

Blogueiro acompanha Professor de Universidade alemã em visita a Ouro Preto

Neste fim de semana o Blogueiro recebeu a visita do Prof. Jean-Christophe Merle, da Universidade de Vechta, na Alemanha. O Blogueiro convidou o Docente alemão para um almoço em Ouro Preto.

O Blogueiro e o Prof. Merle almoçam no 
charmoso "Passo Pizza e Jazz"

O Blogueiro e o Prof. Merle, 
em passeio por Ouro Preto

Grande Teórico do Direito e Constitucionalista Alemão a Caminho de Ouro Preto, Visita o Blogueiro

A caminho de Ouro Preto, Robert Alexy, considerado hoje um dos maiores teóricos do Direito e Constitucionalistas do mundo, visitou o blogueiro, tendo almoçado na sua casa.


Alexy esteve em Belo Horizonte para participar do "Congresso Brasil-Alemanha de Teoria do Direito e Direito Constitucional: Conceito e Aplicação do Direito em Robert Alexy", realizado na Faculdade de Direito da UFMG, bem como para receber o título de Doutor Honoris Causa pela referida Universidade.
Robert Alexy e Cristóvão Torres, na residência do blogueiro, após almoço oferecido por este ao eminente Jurista alemão. Ao fundo uma tela da terra natal do blogueiro, a querida São Domingos do Prata

Visite a Cidade de Paulínia - SP

Paulínia é um município localizado na Região Metropolitana de Campinas, interior do estado de São Paulo. Destaca-se por possuir um polo industrial-tecnológico de grande porte, localizado nas regiões norte e sudeste da cidade, e um polo cultural composto por estúdios de cinema, escolas de arte e um teatro municipal de grande porte, localizados na região sul. Possui 139 km² e sua população em 2013 foi estimada pelo IBGE em 97 702 habitantes. O município possui intenso crescimento populacional, o maior da Região Metropolitana de Campinas.
Graças ao polo industrial, Paulínia tem a sétima maior renda per capita do Brasil. O impacto negativo do polo é registrado pelos altos níveis de poluição, agravada pela grande quantidade de veículos que circulam no município, que apresenta uma frota média de 2,3 carros por domicílio, além de caminhões que servem o polo industrial.
Apesar disso, Paulínia conta com importantes locais onde a natureza encontra-se preservada ou em recuperação. Destaca-se o Terminal Turístico Luiz Pelatti, o mini-pantanal, localizado às margens da Represa do Salto Grande e onde encontra-se várias espécies animais e vegetais; o Parque Zeca Malavazzi, onde ocorre vários eventos durante o ano e utilizado pela população como ponto de encontro e lazer, e o Jardim Botânico Adelelmo Piva Júnior, local com área de 86.000 m² e estufa de 1.500 m² e que conta com 1.200 espécies de árvores, dois lagos e vários tipos de ervas medicinais.

Transitoriedade

Tostão
O Tempo
PUBLICADO EM 30/03/16 - 03h00
Fora os titulares absolutos e insubstituíveis, Neymar, Messi, Di Maria e Mascherano, as seleções brasileira e argentina possuem dois bons jogadores, de níveis técnicos parecidos, em todas as outras posições. Faz pouca diferença se joga um ou outro. Já nas seleções europeias, os titulares são, geralmente, muito superiores aos reservas. Isso fica mais evidente nos amistosos, quando os técnicos fazem muitas experiências.

Como o Brasil é mais pressionado para vencer, e Dunga só pensa na vitória imediata, atuam sempre os melhores. Daí o Brasil ter conquistado o título mundial de amistosos.

Independentemente do que ocorreu ontem contra o Paraguai, discordo de que o elenco da seleção é ótimo e de que o time não joga melhor somente por causa de Dunga. Não temos um grande centroavante nem um craque no meio-campo. O melhor zagueiro, Thiago Silva, não joga. Dunga não deveria ser o técnico, mas as deficiências são individuais e coletivas.

Após a Copa de 2014, surgiram, em todo o mundo, vários excelentes jogadores que não participaram e/ou não brilharam no Mundial do Brasil. Eles já são titulares de grandes clubes e têm chances de se tornarem destaques em suas seleções nos próximos anos e na Copa de 2018. Entre tantos, citaria Douglas Costa e Willian, do Brasil, Dybala, da Argentina, Thiago Alcântara, da Espanha, Kane, da Inglaterra, Griezmann, Martial e Coman, da França, e Reus, da Alemanha.

França e Inglaterra evoluíram após 2014. Além dos jogadores citados, há outros muito bons, além de terem ótimos conjuntos. A França possui ainda um craque no meio-campo (Pogba). Se Benzema fizer as pazes com a seleção e com o país, o time ficará ainda mais forte. A Inglaterra ganhou todas as partidas das Eliminatórias da Europa. Já a Alemanha piorou com as saídas de Lahm e Klose e com as contusões de Schweinsteiger, que tem jogado pouco e mal pelo Manchester United. Os reservas da Alemanha são muito inferiores aos titulares.

A sentença dada após a eliminação na primeira fase da Copa de 2014, de que tinha acabado a brilhante geração da Espanha, foi equivocada. O goleiro De Gea e o meio-campista Thiago Alcântara são dois excepcionais substitutos para Casillas e Xavi. A Espanha continua com o melhor meio-campo do mundo, formado por Busquets, Iniesta e Thiago Alcântara, além de Fàbregas e outros. Piqué, Sergio Ramos e Jordi Alba estão entre os melhores do mundo em suas posições. Falta à Espanha, o que já acontecia nas grandes conquistas, ótimos atacantes, e não só um centroavante (Diego Costa briga mais do que joga). Não há também ótimos jogadores pelos lados, com característica de atacantes.

O excelente planejamento, a ótima estrutura profissional e a competência da Alemanha e da Espanha na formação de atletas, por muito tempo, culminaram com o surgimento de muitos craques e de grandes conquistas. Mas, pelas leis da estatística, da ciência, do mistério e do acaso, é pouquíssimo provável que a próxima geração que vai comandar o futebol dos dois países, após a Copa de 2018, seja tão brilhante quanto a atual.

Tudo passa. A transitoriedade das coisas muda nossas vidas e o futebol.
Clássico

A vitória do Cruzeiro no clássico contra o Atlético, no último domingo, foi importante para o time ganhar confiança e para haver mais esperança no trabalho do técnico Deivid. Mas o Cruzeiro venceu não porque teve uma ótima atuação e porque foi melhor que o Atlético. Venceu por seus méritos, porque jogou com firmeza, pela falha do jovem goleiro Uilson, pela excepcional atuação de Fábio e pelos gols perdidos pelo Atlético na partida.

Quando ganha, até os erros são elogiados, como a escalação de Élber pelo centro, já que ele sempre atuou pela direita do campo, onde aproveita sua velocidade, ainda mais que o Atlético tinha um lateral-esquerdo fraco e improvisado, Carlos César. Repito, se o Cruzeiro quiser disputar os primeiros lugares no Campeonato Brasileiro, precisa de reforços.
O Tempo

O machismo também afeta o homem, diz criadora do blog Escreva, Lola, Escreva

JB
Agencia Brasil

"O machismo também afeta os homens. Eu, particularmente, quero que eles sejam feministas", disse hoje (29) Lola Aronovich, uma das vozes do feminismo mais ativas no Brasil, em   palestra no 1º Colóquio Feminista da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC). Para Lola, que mantém o blog Escreva, Lola, Escreva, o movimento beneficia toda a sociedade, na medida em que promove a igualdade entre os gêneros.
"Gostaria que os homens pensassem em um mundo onde as mulheres não precisem temê-los e onde eles não precisem provar que são másculos o tempo todo. O feminismo é uma luta para emancipar a vida de todo mundo.”
Lola, que também é professora da UFC, reconhece que o caminho em busca de igualdade de direitos entre homens e mulheres ainda está longe de ser alcançado. Para ela, há uma resistência por parte dos homens em aceitar a liberdade das mulheres e as consequências disso se refletem nos dados sobre violência contra a mulher. A professora, inclusive, faz parte dos dados: precisou registrar sete boletins de ocorrência, devido a diversas ameaças que sofreu por causa de posições divulgadas em seu blog.
“Ainda não entendemos porque tantos homens se ressentem e não querem essas mudanças. Acho que ainda é pelo chamado merecimento. Em geral, promete-se aos homens lugares de comando e de destaque na sociedade. Muitas vezes, quando esse lugar não chega, eles ficam revoltados, não contra o sistema explorador, mas contra as mulheres e outros grupos oprimidos, como homossexuais e negros. Se continuar, essa revolta está fadada ao fracasso.”
Sexualidade reprimida na velhice
Diante do crescimento da população idosa devido ao aumento da expectativa de vida e de terapias que promovem a qualidade de vida na velhice, está em curso a chamada feminização da velhice. O geriatra e professor da Faculdade de Medicina da UFC, Jarbas de Sá Roriz Filho, percebe isso no dia a dia do Ambulatório de Geriatria da universidade, onde mais da metade dos pacientes são mulheres. Segundo ele, as mulheres vivem cerca de 8 anos a mais do que os homens.
O professor Roriz Filho, em sua palestra, afirmou que esse fenômeno trouxe mudanças significativas no comportamento de homens e mulheres idosos. “O 'equipamento sexual', sobretudo o feminino, não tem validade. Enquanto houver saúde, é possível ter relações sexuais, e a medicina contribuiu para isso com as terapias de reposição hormonal e da disfunção erétil.”
Apesar desses avanços, Jarbas disse que ainda há tentativas de inibir a sexualidade dos idosos. Para as mulheres, conforme ele, isso é ainda mais repressor. “Há uma inversão de papéis. Ao envelhecer, os filhos começam a interferir e a regular o comportamento sexual das pessoas idosas, especialmente das mulheres. Há que se preservar a reputação daquela senhora. Não pode vestir determinadas roupas, ou ir a determinados bailes da terceira idade", afirmou.
JB

terça-feira, 29 de março de 2016

Segundo um historiador a frase; Até tu, Brutus?

Frase Célebre de um Sentido Simbólico!

Idade Antiga, século I A.C;

Segundo um historiador, a frase “Até tu, Brutus” remete a uma famosa história da Idade Antiga. No século I A.C., o imperador romano Júlio César foi vítima de uma conspiração para tirá-lo do cargo. Entre eles estava o seu filho adotivo Marcus Brutus.
O complô resultou no assassinato do imperador a punhaladas pelo grupo que queria tirá-lo. Na hora da morte, Júlio César reconheceu o filho entre os seus algozes e proferiu a frase. “Até tu, Brutus, filho meu?”. “É uma frase célebre que, com o tempo, adquiriu um sentido simbólico”,
Caio Júlio César - Musei Vaticani: Museo Pio Clementino di Scultura

Peixes contêm metais pesados


Foram avaliados três tipos de metais (arsênio, cádmio e chumbo) em quatro espécies de animais (camarão e os peixes linguado, peroá e roncador). As coletas foram realizadas em nove pontos, sendo seis na foz do rio Doce, em Linhares (ES), dois na região conhecida como Costa das Algas (ES), ao sul da foz, e, por último, no arquipélago de Abrolhos (BA). Somente no último local não houve detecção de contaminantes em excesso.

Em todas as espécies analisadas foi identificado excesso de pelo menos dois metais pesados, levando em conta o limite estabelecido pela Resolução 42 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O arsênio é o metal mais encontrado nos animais. O máximo permitido é de um miligrama por quilo (mg/kg). Na espécie de peixe roncador, havia presença de até 140 mg/kg em um dos pontos da foz do rio Doce – 140 vezes o tolerado. Já nas coletas de camarão, em sete pontos de análise havia contaminação, que variava entre 3 e 88 mg/kg pelo mesmo metal.

Também foram encontrados chumbo e cádmio nas espécies analisadas. No peroá, por exemplo, foi detectado cádmio em dois pontos, chegando até 1,30 mg/kg, enquanto o permitido é de 0,50.

Procurados, o ICMBio e o Iema não se posicionaram sobre o estudo. O Ibama confirmou que recebeu os dados e que faz a análise, mas que seu papel é fiscalizar a área afetada, para que não seja realizada a pesca. Nenhum dos órgãos informou o que é realizado para reverter a contaminação.

A Samarco informou que não teve acesso ao estudo e que monitora a qualidade da água. A empresa alega que houve melhora no índice de turbidez e que os níveis de metais estão dentro dos padrões da legislação. Segundo a empresa, o material liberado no rompimento da barragem é inerte e sem risco. 
Pesca

Proibição
. A pesca está proibida na foz do rio Doce e no seu entorno por determinação da Justiça Federal desde novembro de 2015. Porém, o Ibama já apreendeu barcos
pesqueiros no local.
Vereadores aprovam liberação de R$ 1,1 milhão para atingidos

Um Projeto de Lei (PL) que libera R$ 1,1 milhão em doações recebidas pela Prefeitura de Mariana, na região Central de Minas, após o rompimento da barragem Fundão, da Samarco, foi aprovado nesta segunda pela Câmara Municipal.

A proposta teve aprovação unânime dos 15 vereadores, inclusive os dois parlamentares que pediram vista do PL na última semana, atrasando a votação. Pedro César Oliveira Nunes (PR) e Bruno Mól (PMDB) alegaram que faltavam assinaturas no Termo de Ajustamento de Conduta firmado com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para tratar das doações. A reportagem tentou falar com eles, mas não houve retorno.

A fala dos dois vereadores chegou a ser vaiada por vários moradores de Bento Rodrigues e de outras comunidades atingidas que acompanhavam a reunião na tarde desta segunda. O valor será liberado em duas parcelas, dez dias após a sanção da lei.
Saiba mais

Recomendação.
 O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) que não aprove qualquer Plano de Aproveitamento Econômico (PAE) de lavra de minério de ferro em todo o país que não contemple a destinação ambientalmente adequada dos resíduos produzidos na extração.

Reaproveitamento. O DNPM deve exigir que o empreendedor comece com 5% de reaproveitamento dos resíduos já em 2016. O percentual deve subir gradualmente até atingir 70% em 2025. A previsão é que, até 2030, sejam produzidos mais de 11 bilhões de toneladas de resíduos e que a extração de ferro seja responsável por 41% disso.

O Tempo

Crise faz Minas perder 1.144 empresas em apenas um mês

As consequências do cenário econômico desfavorável estão cada dias mais claros nos números gerados pelo setor produtivo. Em Minas Gerais, apenas no mês de janeiro de 2016, 1.144 empresas foram fechadas, gerando um saldo negativo de 87 organizações a menos no Estado, segundo dados da Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg). No mesmo mês de 2015, esse saldo foi positivo em 424 empresas.

Junto com o fechamento das empresas, chega o crescimento do desemprego. Segundo o gerente de estudos econômicos da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Guilherme Leão, a indústria brasileira perdeu 1 milhão de empregos com carteira assinada em 2015 na comparação com o ano anterior. Segundo dados do Caged, o total de desempregados no Brasil mais do que triplicou nos dois primeiros meses do ano, passando de 48 mil para 204 mil. Em Minas Gerais, mais do que dobrou, de 8.661 para 19.636. “Um salto absurdo no desemprego”, diz Leão. O gerente ainda salienta o crescimento das recuperações judiciais no Brasil, que cresceu 55,6% em 2015 na comparação com o ano anterior. “A recuperação judicial é um mecanismo para a empresa tentar sair da crise. Como fazer isso com um cenário de incerteza como o atual? A possibilidade de essas empresas irem da recuperação judicial para a falência é grande”, avalia o gerente de política econômica da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), Flávio Castello Branco.

A crise que paralisa a economia brasileira deixa um rastro de empresas desativadas. Só no Estado de São Paulo, 4.451 indústrias de transformação fecharam as portas no ano passado, número 24% superior ao de 2014, quando 3.584 fabricantes deixaram de operar, segundo a Junta Comercial local. O quadro se estende por todo o país, formando um cemitério de fábricas de variados setores, muitas delas fechadas definitivamente, algumas em busca de alternativas para voltar a operar e outras à espera de compradores. Muitos trabalhadores demitidos não receberam salários e rescisões.

Esse quadro atinge setores variados e são muitos os exemplos. No ano passado, a PK Cables, empresa de componentes elétricos, encerrou suas atividades em Itajubá, no Sul do Estado, gerando cerca de 500 demissões. No Brasil, segundo a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), foram mais de 40 mil empregos a menos no setor, diante de uma queda de 21% na produção no mesmo período. “A crise começou em meados de 2014, 2015 foi um caos e 2016 não mostra sinais de melhora. Essa longevidade da crise afeta todos os setores e os investimentos”, afirma o gerente de economia da Abinee Luiz Cézar Rochel.

No início do 2016, o grupo Tigre, que fabrica tubos, conexões e acessórios para a construção civil, fechou sua unidade fabril em Pouso Alegre, também no Sul de Minas, fechando 327 postos de trabalho. Segundo a empresa, a decisão foi motivada por “um cenário macroeconômico desfavorável”. “Desde setembro de 2014, motivado pela acentuada queda de volume nos mercados em que atua, o grupo vem adotando medidas para fazer frente à desaceleração da economia, a fim de manter a sustentabilidade do negócio e preservar milhares de empregos em todas as suas 22 unidades”, completa a nota da empresa.
Varejo
Lojas. O varejo brasileiro registrou o fechamento de 95,4 mil lojas no ano passado, segundo a Confederação Nacional do Comércio (CNC). Em Minas Gerais foram 12,5 mil lojas.

Setor têxtil perde 20% das unidades

A indústria têxtil fechou 100 mil vagas no Brasil, segundo o diretor superintendente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Fernando Valente Pimentel. Em Minas Gerais, segundo o presidente do Sindicato das Indústrias Têxteis de Malhas (Sindimalhas-MG), Flávio Roscoe Nogueira, 20% das empresas fecharam as portas no Estado e 10% dos funcionários foram demitidos.

Em janeiro deste ano, o fim de uma confecção em Leopoldina, na Zona da Mata, causou o fechamento de cerca de 100 postos de trabalho. Já em 2015, o fechamento da indústria responsável pela grife DTA, que funcionou por 24 anos em Betim, causou 280 demissões. “O ano de 2015 foi desastroso. Em 2016, o aumento das exportações e a substituição dos importados são favoráveis e apostamos em crescimento de 5% a 6%, mas vai depender do consumo interno”, diz Pimentel.

O Tempo

segunda-feira, 28 de março de 2016

BICICLETAS FABRICADAS COM BAMBU CONQUISTAM ALEMÃES

MEIO AMBIENTE
Projeto nasceu na Universidade Técnica de Berlim e já ganhou as ruas da capital alemã. Os precursores na Alemanha dizem, no entanto, que as "bamboo-bikes" sugiram há mais de 100 anos.


'Bamboo-bikes': ecologicamente corretas e mais leves
Se você usa a bicicleta como meio de transporte, certamente já possui uma grande consciência ambiental. Agora imagine se tivesse a oportunidade de fabricar sua própria bicicleta, e ainda pudesse utilizar um recurso renovável como matéria prima. Em Berlim, os ciclistas já comemoram a novidade que nasceu dentro da Universidade Técnica (TU): as bamboo-bikes.
O bambu é uma planta geralmente confundida com madeira por possuir um caule lenhificado.As bicicletas fabricadas com o quadro desse material surgiram na Alemanha em 2008, através da Grüne Uni, um grupo de pesquisa, vinculado à TU, que trabalha com energias renováveis, biomateriais e sustentabilidade.
Em pouco tempo, a pesquisa se transformou em outro projeto independente, e os precursores dasbamboo-bikes em Berlim criaram uma oficina especializada na fabricação desse tipo de transporte. E o melhor: eles passaram a oferecer workshops aos interessados em fabricar a própria bicicleta.
Bambu alemão
De acordo com Thomas Finger, estudante de Tecnologia Aeroespacial da TU e um dos fundadores da oficina, a iniciativa pretende fabricar o maior número possível de bicicletas a partir de recursos naturais renováveis. "Nosso objetivo é produzir bicicletas não apenas a partir do bambu, mas também de outros tipos de biomateriais, como a madeira e as plantas da espécie Cannabis", ressalta.
O estudante também explica também que as bicicletas de bambu não representam uma invenção alemã. Segundo ele, elas começaram a ser fabricadas há mais de 100 anos por uma firma inglesa, e hoje também são vendidas nos Estados Unidos.
Apesar de já utilizarem bambu cultivado na própria Alemanha, os responsáveis pela oficina contam que também utilizam bambu vindo da Ásia, África e América Latina. Os fornecedores da matéria prima geralmente são arquitetos e outros profissionais que trabalham com sustentabilidade.
Faça você mesmo
Para participar do workshop Berlin-Bamboo-Bikes não é preciso conhecimento prévio sobre montagem de bicicletas. Basta apenas fazer a inscrição e atentar para alguns detalhes. "Nós pedimos geralmente que os participantes tragam peças de antigas bicicletas que serão juntadas ao quadro de bambu, e roupas adequadas para trabalhar com um tipo de cola especial", orienta Finger.

No workshop realizado em Berlim, 25 participantes fabricaram a própria bicicleta
Os cursos são realizados geralmente em um final de semana, e um dos procedimentos mais importantes para garantir uma bicicleta de qualidade é utilizar uma tinta especial que vai proteger o bambu de eventuais chuvas. O custo total de um workshop, incluindo a própriabamboo-bike, é de 222 euros e o dinheiro é destinando à manutenção da oficina.
Para quem tem dúvidas sobre a capacidade de fabricar a própria bicicleta, os coordenadores do projeto são bastante enfáticos. "Fazer uma bicicleta de bambu é como assar um bolo, ou seja, qualquer um pode fazer e nós ainda a garantimos que você sairá daqui com um produto de qualidade", afirma Tobias Rudolph, um dos instrutores do workshop.
Nas ruas da capital alemã, as bicicletas de bambu conquistam cada vez mais adeptos e orgulham os responsáveis pela disseminação da idéia no país. "As pessoas sempre me param para fazer perguntas sobre a bicicleta. Quando eu saio de casa, bastam apenas uns 30 minutos para que eu seja abordado por alguém", orgulha-se Johannes Fischer, dono de uma das primeiras bamboo-bikes da capital alemã.
A novidade também já se espalhou por outras cidades alemãs e até em países vizinhos. Segundo os instrutores do workshop, as últimas edições já contaram com participantes vindos de cidades como Bremen e Mannheim. Para o próximo workshop, marcado para fevereiro de 2011, já estão até inscritos participantes da Suíça.
Reconhecimento pela iniciativa
Para os idealizadores da iniciativa Berlin-Bamboo-Bikesé importante enfatizar que a substituição do automóvel por qualquer tipo de bicicleta já representa um grande avanço para reduzir a emissão de CO2 na atmosfera. No entanto, o grupo faz questão de ressaltar as vantagens para quem quer contribuir ainda mais para combater o problema.
"A fabricação dos quadros de bambu pode diminuir ainda mais os gastos de energia para a fabricação dos quadros de metal. Além disso, essas bicicletas são mais leves e atingem a mesma velocidade das bicicletas fabricadas pelas indústrias", afirma Fischer que, depois de trocar a bicicleta de alumínio pelabamboo-bike, acabou envolvido no projeto.
Além de ter ganhado a simpatia dos ciclistas berlinenses, as bicicletas de bambu também já foram apontadas como uma idéia inovadora para o país. Em abril de 2010, o projeto foi incluído no "Alemanha – País das idéias", uma premiação do governo federal que aponta experiências inovadoras na área da ciência, economia, arte e cultura.
Autor: Dayse Freitas

Políticas de mobilidade urbana sobre as bicicletas na Alemanha

Nós incentivamos a bicicleta, que é um meio de transporte saudável e bom para o meio ambiente e, por isso, achamos correto, em alguns casos, tirar vagas de estacionamento para construir ciclovias. A prioridade das políticas de mobilidade urbana em Berlim não está somente com os veículos automotores, mas também com as bicicletas“, afirma Petra Rohland, porta-voz da secretaria.

domingo, 27 de março de 2016

Estátua de Sherlock Holmes em Baker Street(Londres)

Estátua do famoso detetive Sherlock Holmes, em Baker Street (Londres), Personagem de ficção da Literatura  Britânica.Sherlock Holmes ainda hoje é um dos mais atraentes personagens dos romances policiais. Carismático e astuto, fez do método científico e da lógica dedutiva suas melhores armas.

 

Registro de violação de meu e-mail e do blog

Esclarecimento / 27-03-2016


Comunico a todos aqueles que compartilham comigo de troca de mensagens através de e-mail, que lamentavelmente, alguém, numa atitude irresponsável, com objetivo de má-fé; violou minha privacidade e, fez inadvertidamente mal uso de minha senha.
Passou a enviar e-mail, como se eu fosse, inclusive com mensagens descabidas que não coadunam com meus princípios éticos e morais.
Faço um apelo a quem os recebeu, desconsidera-los.
Ora, de modo algum, jamais foram enviados por mim.

Cristóvão Martins Torres

quinta-feira, 24 de março de 2016

São Francisco de Assis

quarta-feira, 23 de março de 2016

Muitas Bicicletas nas Ciclovias da Alemanha

segunda-feira, 21 de março de 2016

Como agir com pessoas que falam mal de você pelas costas

Pablo de Paula

Algumas pessoas adoram fofocas e intrigas, causando grandes confusões e transformando o mundo em um lugar de ódio e desordem. Assim, devemos estar preparados para lidar com tais negatividades, não deixando que elas nos contaminem


Ser inteligente em uma sociedade pouco instruída é como receber uma estrela de xerife no velho oeste bem no dia em que o bandido mais perigoso do local adentrou a cidade. Em outras palavras, o que quero dizer é o seguinte: as pessoas não querem saber o raio de conhecimento que você possui. Elas estão interessadas em si mesmas e em mais nada.
Basta averiguarmos com calma nossa comunidade e veremos que os intelectuais são sempre perseguidos, enquanto os demais são abraçados. Isso acontece porque vivemos em um mundo onde a inveja existe e os seres que aqui estão a valorizam demasiadamente. Por isso Fannie Flagg disse: “Lembre-se, se as pessoas falarem por suas costas, quer dizer apenas que você está dois passos à frente.”
Quando analisamos nosso inimigo devemos tentar discernir suas reais intenções, interpretando seus objetivos e agindo estrategicamente. Desta forma, devemos nos adequar a esses ataques, fazendo com que eles percam força e representatividade.
Por exemplo: no futebol, quando um atacante vai bater um pênalti e o goleiro adversário se aproxima dele, dizendo que vai adivinhar o canto e que vai defender a bola, ele está tentando desconcentrar o atleta para que o mesmo se desequilibre emocionalmente e perca a cobrança. Neste caso, o que o jogador deve fazer é fechar os ouvidos e acreditar em si mesmo, porque fazendo isso, essa ação contrária cairá por terra e não afetará o resultado (ainda que ele perca o pênalti, porque ele não terá perdido por conta desse fator negativo e sim por ser uma obra do destino).
Do mesmo modo do exemplo acima, quando uma pessoa resolver nos agredir longe da nossa presença, devemos simplesmente não nos importar e nos mantermos firmes em nossa conduta. Além disso, não devemos ter ódio, ou sentimentos de vingança por essa pessoa, haja vista que ela possui uma mentalidade atrasada e por isso, ostenta esse tipo de comportamento. Em outras palavras, o desejo de tal criatura é que fiquemos entristecidos, chateados e revoltados com sua postura, logo uma ação inversa destrona o plano inicial dela e a faz se desmanchar por si mesma.
Portanto, seu oponente somente pode te atacar se você permitir que ele te ataque, porquanto o universo permite que sejamos responsáveis por nosso próprio destino (guardadas as devidas proporções). Assim, somos escultores de nossa existência e nossa moldura será perfeita se soubermos trabalhar nossa confiança para agirmos de forma inteligente perante os espinhos existentes em nossa trilha.
A importância do marketing pessoal e da credibilidade
Quem possui uma marca pessoal forte tem uma certa blindagem perante cenários nebulosos. Com toda certeza, as pessoas pensam duas vezes antes de propagarem bobagens sobre alguém que tem crédito no mercado. Destarte, é fundamental trabalharmos nossa imagem, fazendo com que as pessoas vejam nossas virtudes e passem a nos olhar com deferência.
Vale aludir que com o passar do tempo, podemos visualizar que quanto mais investimos em nossa marca, mais crescemos perante a sociedade, pois nosso comportamento reflete para as pessoas quem realmente somos, de sorte que elas irão nos apreciar se formos criaturas virtuosas e, principalmente, se formos capazes de mostrar isso a elas.
A necessidade de se vigiar
As pessoas estão esperando nossos erros para poderem descortiná-los, ou seja, tudo o que elas precisam é de um motivo para nos prejudicar. Deste modo, o que temos que fazer é vigiar nossas palavras, pois elas podem comprometer toda a nossa trajetória pessoal e profissional. Não foi por acaso que Oscar Wilde disse: “Se soubéssemos quantas e quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio neste mundo.”
Digo isso porque muitos de nossos companheiros lançam armadilhas para nos apanhar, buscando nos encurralar constantemente. Daí a importância de se conhecer bem o inimigo e de também ter um grande cuidado com os falsos amigos, porque nem tudo aquilo que nossos olhos veem correspondem à realidade e precisamos enxergar além do óbvio em muitas situações.
Em linhas gerais, na dúvida, devemos sempre ter prudência e nunca deixar que nossa ansiedade nos atrapalhe em nossas escolhas. Vale lembrar também que pensar antes de falar é algo impreterível e inegociável, tendo em vista que o homem que aprender a refletir no tempo certo, conquistará todas as vitórias e se tornará quase imbatível com o passar dos anos (pratica = perfeição).
A preciosidade de se ter uma conduta coerente e coesa em todos os sentidos
Agradar a todos é impossível, todavia algumas pessoas possuem esse sonho utópico e infelizmente vivem sofrendo por isso. Sem dúvidas, se alguém busca ter uma vida própria e convicções únicas, é fundamental ter personalidade e não se deixar levar pelas teorias alheias.
Portanto, responda a si mesmo: você vive para si, ou para os outros? Sua liberdade é mais importante que qualquer coisa nessa vida, ou você se acostumou com cheiro do cárcere?
Pode parecer loucura, mas a maioria das pessoas existe para se preocupar com o que as outras vão pensar a respeito delas e não o contrário. São inseguras, teimosas, medrosas e completamente manipuláveis.
Não repita o erro delas, seja diferente: tenha força, energia, entusiasmo e garra, não permitindo que mandem em sua vida, pelo contrário, mostre que é você quem está no controle. Para isso, crie suas crenças, valores, princípios e não se desvie deles, pois assim procedendo, você estará mostrando ao mundo no que consiste a essência de um homem íntegro e do que é formado o coração de um ser de notável nobreza.
Concluindo, digo que precisamos fazer com que esses tagarelas tropecem em suas próprias palavras, tornando-os reféns da própria hipocrisia. Com absoluta certeza, temos poder de influenciar e modificar o ambiente, fazendo com que o mundo seja uma esfera onde a lucidez, a honra e dignidade humana permeiem sempre o topo.

domingo, 20 de março de 2016

Ser Pai é ser líder: um bom Pai é um bom líder ("Quando se sentir perplexo, espantado ou confuso sobre seu desempenho como pai (líder), descubra como estão as pessoas que você liderou”. Assim terá a resposta! )

As Lições de um Pé na Bunda

Arquivo do Blogueiro IV: novas fotos históricas de São Domingos do Prata

Benjamim Torres fazendo discurso de inauguração
do Colégio Marques Afonso


Inauguração do Oratório do Colégio Marques Afonso 


 Desfile das alunas do Colégio Marques Afonso,
 em 7 de Setembro de 1964.
No Desfile de 7 de Setembro de 1964,
a Fanfarra do Colégio Marques Afonso

sábado, 19 de março de 2016

São Francisco de Assis


São Francisco de Assis, apesar de ter vivido há 1200 anos atrás, é muito atual, muito moderno.
Um Santo que não sai de moda nunca.
Foi um Santo muito simples e humilde, que olhou muito pelos pobres e os animais.
Todos os dias, ao levantar, faço a oração de São Francisco de Assis.
Meu Santo de devoção, tenho muita fé nele.


Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor,
Onde houver ofensa , que eu leve o perdão,
Onde houver discórdia, que eu leve a união,
Onde houver dúvida, que eu leve a fé,
Onde houver erro, que eu leve a verdade,
Onde houver desespero, que eu leve a esperança,
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria,
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, fazei que eu procure mais
consolar que ser consolado;
compreender que ser compreendido,
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe
é perdoando que se é perdoado
e é morrendo que se nasce para a vida eterna...